Área Restrita
Destaque
enade

Notícias

Instituições de ensino superior podem se inscrever em semana de ações sociais
27/08/2015

Instituições de ensino superior podem se inscrever em semana de ações sociais

Estão abertas as inscrições para a 11ª Campanha Responsabilidade Social das instituições de ensino superior privadas. A campanha, que ocorre entre os dias 14 e 19 de setembro, tem o objetivo de promover ações voluntárias na comunidade. Podem participar tanto instituições privadas quanto públicas, inclusive as vinculadas ao Sistema S (Sesc, Sesi, Senai e Senac). As inscrições serão feitas pela internet até a data da campanha. Durante a semana da campanha, estudantes e professores prestam atendimentos gratuitos, como consultoria jurídica, orientação profissional e educacional, assistência à saúde, promoção da inclusão digital e atividades culturais, recreativas e esportivas para todas as idades. "O mais importante da campanha é proporcionar à comunidade em que as instituições estão inseridas alguns serviços que normalmente são pagos e até mesmo de difícil acesso. É um momento de se relacionar mais com a comunidade, que está em volta da escola", disse o diretor executivo da Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior, Sólon Caldas. Segundo a Associação Brasileira de Mantenedoras do Ensino Superior, que promove a campanha, em dez edições foram feitos mais de 10,3 milhões de atendimentos à população, distribuídos em 57.318 atividades. Estiveram envolvidos cerca de 184 mil professores, quase 2 milhões de alunos e outros 135 mil técnicos. Neste ano, a expectativa é bater a média anual de 1 milhão de atendimentos. A Campanha da Responsabilidade Social do Ensino Superior foi criada em 2005. A iniciativa foi concretizada depois da Lei 10.861/2004, que institui o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). Pela legislação, a contribuição à inclusão social, ao desenvolvimento econômico, à defesa do meio ambiente, da memória e patrimônio cultural, da produção artística passou a fazer parte da avaliação das instituições de ensino superior. Quando mal avaliadas, as instituições de ensino podem sofrer sanções. As instituições que participam da campanha são certificadas com o Selo Instituição Socialmente Responsável, reconhecendo a importância do vínculo entre o universo acadêmico e a comunidade. Fonte: Agência Brasil

Curso de Arquitetura & Urbanismo da UNIJIPA promoveu ciclo de reuniões
26/08/2015

Curso de Arquitetura & Urbanismo da UNIJIPA promoveu ciclo de reuniões

Envolvendo todo o corpo docente nos dias 15 e 22 de agosto, o curso de Arquitetura & Urbanismo da Faculdade Panamericana de Ji-Paraná (UNIJIPA), promoveu um ciclo de reuniões com todo o corpo docente da competência. Participaram das atividades, realizadas no laboratório de Projetos e Expressão Gráfica, os professores Dawerson da Paixão Ramos, Alessandro Alves da Silva, Alisson Nunes da Silva, Vanessa França Baisi Ramos, Marcos Leandro Alves Nunes, Miguel Junhichi Deguchi, além da Coordenadora Pedagógica da instituição, Raquel Matos de Lima Bento. O Coordenador do curso, Dawerson Ramos, apresentou detalhes específicos sobre o que foi discutido nas reuniões. “As reuniões ocorreram em forma de apresentação de pauta e discussão sobre melhorias para o desenvolvimento do curso. Referente ao corpo docente, discutiu-se sobre diários de classe, listas de presenças, esclarecimentos de notas, planos de ensinos, assim como outros assuntos pertinentes ao curso, além da destituição dos membros do NDE e Colegiado, para eleição de novos membros, aos quais, foram definidos: NDE: Dawerson, Marcos Leandro, Alessandro, Alisson e Raquel; Colegiado: Dawerson, Miguel e Vanessa, ficando no aguardo do acadêmico à ser apontado por seus colegas em sala de aula. Já a reunião de NDE, discutiu-se prazos, atividades extra classe, ciclo científico e semana da arquitetura & urbanismo do segundo semestre de 2015, além das diretrizes e cargas horárias das disciplinas à serem implantadas no primeiro semestre de 2016. Foram reuniões muito proveitosas, é sempre benéfico trocar ideias e experiências com os demais docentes. Em nome do curso, eu agradeço a presença e o empenho de todos os convidados.”, finalizou o Coordenador. O CURSO DE ARQUITETURA & URBANISMO - A Arquitetura é a ciência que tem como intuito organizar e projetar áreas externas e internas, agindo de acordo com os critérios do conforto, da estética e da funcionalidade. Coordena e projeta a construção e a reforma de obras, fazendo a planta e decidindo os materiais que serão utilizados na mesma. O Curso de Arquitetura e Urbanismo prepara o aluno para que este tenha consciência socioambiental e sensibilidade artística, sempre agindo de maneira ética e responsável. O profissional formado em arquitetura, ao lado do engenheiro, acompanha a construção e gerencia os custos e a mão de obra. Atua nas etapas finais da obra. Como urbanista, planeja o crescimento de cidades e bairros. Também desenha objetos e elabora placas de sinalização e logotipos.

Mundo precisará de 8,4 milhões de professores até 2030, diz Unesco
26/08/2015

Mundo precisará de 8,4 milhões de professores até 2030, diz Unesco

Segundo a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), serão necessários 8,4 milhões de professores até 2030 para garantir as necessidades educacionais das crianças do ensino primário e secundário. Os dados, que fazem parte do relatório "A tea­cher for every child: projecting global teacher needs from 2015 to 2030" (Um professor para toda criança: projetando necessidades globais por professores de 2015 a 2030), mostram que a África subsaariana é a região do mundo que terá a maior carência de professores: aproximadamente 4,6 milhões. Segundo a organização, a região da América Latina e Caribe tinha cerca de 5,2 milhões de professores primários e secundários no ano de 2011. Daqui a 15 anos, serão necessários 160 mil novos professores para atender às demandas educacionais. Devido ao aumento do número de alunos, estima-se que em países como a Nigéria, Eriteia, Costa do Marfim ou Malaui a demanda de professores seja maior no ano de 2030. A Unesco aponta ainda uma maior necessidade de docentes com conhecimentos específicos sobre cada matéria. Fonte: UOL Educação

MEC prorroga até hoje prazo para concluir inscrição no Fies
25/08/2015

MEC prorroga até hoje prazo para concluir inscrição no Fies

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou o prazo para que os estudantes pré-selecionados para a segunda edição de 2015 do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) concluam a inscrição na internet, no SisFies. A conclusão da inscrição poderá ser feita até hoje (25). O prazo inicial tinha se encerrado no domingo (23). Ao acessar o site, o estudante deve clicar na opção Conclua sua inscrição. Após a conclusão no SisFies, o estudante precisa validar as informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento da instituição de ensino em até dez dias, contados a partir do dia seguinte ao da conclusão da inscrição. Por fim, deve comparecer a um agente financeiro do Fies em até dez dias, contados a partir do terceiro dia útil seguinte à data da validação das informações pela Comissão de Supervisão e Acompanhamento. O Fies financia cursos superiores em instituições privadas de ensino superior. Os estudantes têm até três anos depois de formados para quitar o empréstimo. Ao todo, serão ofertadas 61,5 mil vagas. Ao longo do curso, os alunos pagam parte da mensalidade de acordo com a faixa de renda familiar. Todos os beneficiados pelo Fies têm 5% de desconto nas mensalidades dos cursos. Fonte: Agência Brasil

I Igreja Batista de Ji-Paraná foi palco da colação de grau dos acadêmicos da UNIJIPA
24/08/2015

I Igreja Batista de Ji-Paraná foi palco da colação de grau dos acadêmicos da UNIJIPA

13 acadêmicos dos cursos de Administração (04), Ciências Contábeis (08) e Pedagogia (01) participaram da tradicional cerimônia de Colação de Grau da Faculdade Panamericana de Ji-Paraná (UNIJIPA), realizada na I Igreja Batista de Ji-Paraná no último dia 20 de agosto. Estiveram presentes na solenidade a Diretora da instituição, Rosangela A. Silva; Coordenadora do Curso de Pedagogia e Coordenadora Pedagógica, Prof.ª Raquel Matos de Lima Bento; Coordenador do Curso de Administração e também Paraninfo da turma, Prof.º Evaldo Arruda Pinto; Coordenadora do Curso de Ciências Contábeis, Prof.ª Kéle Cristina Jardim Castro; Paraninfo da turma de Ciências Contábeis, Prof.º João Aparecido de Jesus; Professora homenageada da turma de Ciências Contábeis, Eliane Pedrosa da Costa Saturno e a docente homenageada da turma de Administração, Valdinéia Moretti. Em discurso oficial, Rosangela parabenizou os acadêmicos e discorreu sobre as conquistas obtidas pelos alunos, agora formandos. “Vocês iniciam hoje uma nova etapa de suas vidas, agora longe dos bancos da faculdade, entretanto, não se desvencilharão deles. Esses anos de graduação estarão marcados para sempre em vossas vidas. Podem se distanciar de alguns amigos, professores ou da própria instituição. Mas a semente do conhecimento que levarão eternamente consigo irá florescer, dará frutos e produzirá resultados para o desempenho da profissão, para enfrentar os desafios e, sobretudo, para buscar uma vida digna e responsável na sociedade atual. A partir de agora assumirão papéis de construtores, assim como aqueles que os ajudaram na construção do saber. Em nome da UNIJIPA eu parabenizo as turmas e digo, com orgulho, que o mercado de trabalho, agora, contará com excelentes profissionais.", finalizou a Diretora.

24/08/2015

Curso de Psicologia da UNIJIPA participou do evento “Mobilize”, em parceria com o Banco HSBC

Realizado no último dia 22 de agosto, a partir das 8h com duração até as 13h, o curso de Psicologia da Faculdade Panamericana de Ji-Paraná (UNIJIPA) esteve mobilizado com a ação “Mobilize”, envolvendo o Banco HSBC, a coordenação do curso e os acadêmicos. As atividades foram realizadas na escola José Francisco (Ji-Paraná). De acordo com a Coordenadora do curso, Dayla Fiusa, diversas atividades sociais foram oferecidas, tais como palestras com adolescentes mediadas pelas professoras Fernanda Cavalcante e Miriam Gabriela; Cursos de maquiagem, com a acadêmica Ana Paula Coelho e demais alunas; Pinturas da escola, parque e mesas; Cortes de cabelo gratuitos com os profissionais Patrick Nascimento e Clarice Sá; Gincanas infantis; Cachorro-quente, pipoca e picolé; Desfile e eleição da Miss Mirim da escola, com a rainha da Expojipa do ano de 2014, Mídia Gonçalves; Apresentações musicais com o grupo Orquestra em Ação e registros fotográficos pela profissional Raquel Sabaini Camargo. “É com muita satisfação que fomos convidados pelo Senhor Manoel Gonçalo, em nome do Banco HSBC, para a ação social beneficente que é o projeto Mobilize. Eu sempre digo que a formação de um profissional não se dá apenas com o conteúdo tradicional em sala, é necessário que ele vivencie as boas práticas sociais, assim como fazemos com o tradicional “Dia Feliz” do curso de psicologia, e agora, com as ações do projeto Mobilize. Nós só temos a agradecer pelas ótimas experiências humanas que o projeto proporcionou ao longo do dia.”, finalizou Fiusa.

24/08/2015

Com sistema eletrônico, MEC economizará R$ 2,4 milhões/ano em papel e impressora

A partir de novembro, o Ministério da Educação passará a utilizar o Sistema Eletrônico de Informações (SEI) para tramitar eletronicamente os seus processos. A previsão inicial é economizar R$ 2,4 milhões anuais com o uso da ferramenta digital. O SEI torna o procedimento mais ágil e reduz os gastos com aquisição de resmas de papel e aluguel de impressoras. A adesão da pasta ao Processo Eletrônico Nacional (PEN) aconteceu nesta segunda (17), quando o MEC assinou um acordo com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP). No ano passado, em projeto-piloto no Ministério das Comunicações (Minicom), o sistema trouxe uma economia de mais de R$ 500 mil reais nos gastos com impressão. A duração média da tramitação de um processo no órgão passou de 199 dias para 25. Atualmente, 13 órgãos já usam o sistema e 103 estão em implantação. Fonte: IG Educação

24/08/2015

Curso de Psicologia da UNIJIPA promoveu reunião entre os professores

No último dia 18 de agosto, todos os docentes do curso de Psicologia da Faculdade Panamericana de Ji-Paraná (UNIJIPA) participaram de uma reunião oficial para fins da escolha de orientadores dos grupos que irão realizar os projetos de iniciação científica. De acordo com a Coordenadora do Curso, Dayla Fiusa, diversos detalhes foram ajustados no encontro. “Nessa reunião oficial, decidimos pelas datas das orientações e apresentações do projeto em questão, além dos acordos para delimitação dos temas. Discutimos diversos aspectos educacionais relacionados com essas ações, o que possibilitará, uma melhor aplicação para os acadêmicos. Encontros como esse são de fundamental importância pois permitem o alinhamento das estratégias em relação ao curso, fornecendo para os alunos todo o necessário para que a confecção dos projetos seja feita da melhor maneira possível. Em nome do curso, eu agradeço a todos os professores pelo empenho e dedicação.”, finalizou Dayla. O CURSO DE PSICOLOGIA - Formar psicólogos com conhecimento científico e com capacidade de utilizá-lo em diferentes contextos que demandam a investigação, análise, avaliação, prevenção e intervenção em processos psicológicos. O curso de Psicologia preparará o futuro profissional para atuar na busca do bem-estar e da saúde mental das pessoas, nas áreas clínica, escolar, organizacional, institucional e comunitária. Oferecer ao aluno o conhecimento teórico da área, por meio de recursos pedagógicos criativos, a iniciação profissional, por meio de estágios sempre supervisionados, que priorizam as ações sobre às necessidades da comunidade no qual o curso está inserido. Dar condições ao acadêmicos de conhecer as reais necessidades do mercado acerca da atuação deste profissional, sendo preponderante na formação universitária do acadêmicos a atuação dos alunos fora do ambiente acadêmicos, sendo a prática profissional uma constante. Seja através de estágios, colóquios ou semanas acadêmicas, o acadêmico de Psicologia da Faculdade Panamericana de Ji-Paraná será incentivado a transcender a teoria pura e simples, de maneira que a atuação comunitária seja um dos pilares de sustentação da formação dos alunos.