Área Restrita
Destaque
CAMPANHA 2018 WEBDOOR - UNIJIPA

Notícias

UNIJIPA INVESTE NA REGIÃO E ABRE 3 NOVOS CURSOS
10/10/2017

UNIJIPA INVESTE NA REGIÃO E ABRE 3 NOVOS CURSOS

A Faculdade Panamericana de Ji-Paraná tem como missão, contribuir para o desenvolvimento da sociedade por meio da educação. Criaram a instituição em Ji-Paraná, pois acreditam no crescimento da cidade e da região. Além disso, querem valorizá-la. Pensando em contribuir para o progresso local, a Unijipa está investindo na abertura de 3 novos cursos. Dando oportunidades para que novos profissionais entrem no mercado de trabalho, atuando em diversas áreas. Os novos cursos são: Comunicação Social – Publicidade e Propaganda, Engenharia de Produção e Nutrição. Comunicação Social - Publicidade e propaganda O curso tem foco em propaganda, planejamento de comunicação, criação e marketing. O aluno formado pela Unijipa, também vai estar preparado treinado para atuar com em áreas específicas, como: política, institucional e comercial. Engenharia de produção Associando os conhecimentos da engenharia as técnicas de administração e economia, o engenheiro de produção é capaz de avaliar determinados setores de uma empresa, como o recurso humano e financeiro, propondo métodos e soluções para elevar a sua produtividade e rentabilidade. Nutrição O curso conta com professores capacitados para preparar nutricionistas para o mercado de trabalho e para contribuir no desenvolvimento da área na nossa região. O profissional planeja, administra e coordena programas de alimentação e nutrição, sugerindo pratos variados e equilibrados, que supram as necessidades nutricionais dos clientes. Por que estudar na Unijipa? A Unijipa possui vários pontos positivos. O primeiro deles: na avaliação do MEC, são nota 4. A instituição segue as metodologias ativas, que tem como objetivo um ensino mais completo, alinhando a parte teórica com ações práticas. Formando assim, profissionais mais preparados para o mercado de trabalho. Estão sempre inovando na estrutura e laboratórios, além de ter um corpo docente qualificado, buscando oferecer o melhor para os alunos. Outro bom motivo para estudar na Unijipa: eles possuem um financiamento próprio, o CredAthenas. Com ele você só paga 50% das mensalidades enquanto estuda e os outros 50% quando se formar. Como ingressar na Unijipa? O vestibular agendado, para ingressar na Unijipa em 2018, já está sendo realizado. Basta você acessar o site, clicando aqui, e agendar sua prova entre segunda e sexta, das 15h30 às 19h30, ou nos sábados, das 9h às 13h. Mas, se você fez o Enem em qualquer ano, a partir de 2012, recebeu uma nota superior a 200 e não zerou na redação, você pode ingressar sem fazer o vestibular. Todos que fizerem a matrícula até 30 de outubro, ganham 75% de desconto na primeira mensalidade. Para os casos de transferência, preencha os dados no site do vestibular, clicando aqui, e a instituição entrará em contato para explicar sobre a documentação necessária. Os transferidos no processo seletivo para 2018.1 poderão receber descontos de até 50%, dependendo de cada caso. Já tem uma graduação? Torne-se um discente da Unijipa sem precisar fazer o vestibular, se inscrevendo no site, e receba um desconto de 30% nas mensalidades de todo o curso. Seja aluno da Unijipa e comece sua história de futuro!

Prova Athenas 2017.2 será aplicada na próxima segunda-feira (16)
09/10/2017

Prova Athenas 2017.2 será aplicada na próxima segunda-feira (16)

Na próxima segunda-feira (16), será realizada a Prova Athenas 2017.2, em todas as instituições do Athenas Grupo Educacional, sendo elas: FAMETA, FAP, FAPAN, FSP e UNIJIPA. A prova iniciará às 19h e terminará às 22h. Vale lembrar que a tolerância máxima para os estudantes entrarem em sala é de 15 minutos, portanto, a partir de 19h15 não será mais permitido que o aluno faça a prova. Totalizando aproximadamente nove mil avaliações, a Prova Athenas 2017.2 terá 243 versões. Nelas foram utilizadas mais de duas mil questões diferentes. Para não haver problema com a correção da prova, o aluno precisa ter total atenção na hora de preencher o cartão resposta. Se o mesmo não for preenchido corretamente, implicará na anulação das questões. “Avaliar é uma das bases do processo pedagógico. E a Prova Athenas, alinhada com metodologias modernas de avaliação, como as utilizadas pelo INEP, é o instrumento pelo qual o Athenas Grupo Educacional monitora o desempenho dos seus alunos com foco na melhoria dos processos de ensino-aprendizagem”, destacou o coordenador pedagógico, Edmar Sartoro. A Prova Athenas 2017.2 será composta 20 questões de múltipla escolha. Caso necessário, o recurso de revisão de questões será recebido através do link publicado no site da sua instituição, entre às 23h da segunda-feira (16) até às 23h59 da terça-feira (17), no horário de Brasília. Boa Prova!

Alunos oferecem aconselhamento psicológico a apenados da APAC
05/10/2017

Alunos oferecem aconselhamento psicológico a apenados da APAC

O curso de Psicologia da Unijipa, em convênio com o Ministério Público, está desenvolvendo atividades psicoterápicas, de aconselhamento psicológico, com o intuito de promover a saúde mental dos apenados da APAC. Os atendimentos inicialmente serão realizados na Penitenciária Regional Dr. Agenor Martins de Carvalho e, posteriormente, no Presídio da APAC. Por meio do processo de aconselhamento psicológico individual, objetivo é proporcionar aos apenados, o encontro consigo mesmo e com suas emoções. O processo de atendimento psicológico nesse contexto, possibilita a preparação para o enfrentamento da saída do sistema prisional e contribui para minimizar as dores de quem necessita de muitos anos para alcançar a liberdade. Os acadêmicos do 8º período são os responsáveis por cuidar do projeto, junto com as professoras Drª. Maria Hercília Rodrigues e Me. Rosângela Martins. A atividade pretende atender 50 apenados, em sessões semanais. A nossa instituição acredita em uma formação baseada nas metodologias ativas, que busca preparar profissionais mais completos, através do elo entre a prática e o teórico. A Unijipa, em especial o curso de Psicologia, aproveita para agradecer a oportunidade desse projeto em parceria com o Ministério Público.

Unijipa recebeu o Selo Instituição Socialmente Responsável
04/10/2017

Unijipa recebeu o Selo Instituição Socialmente Responsável

Entre os dias 18 e 23 de setembro, a Unijipa promoveu a Semana de Responsabilidade Social. Estiveram presentes na ocasião, os acadêmicos de Pedagogia, Farmácia, Psicologia, Administração, Ciências Contábeis, Enfermagem, Fisioterapia e Biomedicina. Além disso, durante todo o mês de setembro ações sociais foram desenvolvidas na comunidade por acadêmicos, professores e coordenadores de diversos cursos. Os estudantes prestaram auxilio no Lar do idoso, escola EEEFM Prof Jose Francisco dos Santos, no feirão do produtor e no Núcleo de Apoio Contábil (NAF). Por conta disso, a Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) concedeu à Faculdade Panamericana de Ji-Paraná (Unijipa), o “Selo Instituição Socialmente Responsável”, certificando a participação na 13ª Campanha da Responsabilidade Social do Ensino Superior Particular. A certificação é válida por um ano e poderá ser renovado em 2018, se a instituição permanecer apoiando a campanha. "Este selo de instituição socialmente responsável é muito importante para nós da Unijipa, é o reconhecimento do trabalho que buscamos desenvolver junto à comunidade integrando acadêmicos e pessoas da comunidade a qual a faculdade está inserida", comentou a coordenação pedagógica, Simone dos Santos. Atender a comunidade é ação que a Unijipa tem buscado desenvolver sempre, incentivando os acadêmicos a se envolverem em ações sociais e pondo em prática um pouco do que aprendem na faculdade. Este selo de reconhecimento é importante para mostrar o envolvimento da instituição com este tipo de ação. Todos os colaboradores e estudantes da Unijipa estão muito orgulhosos de receber esse selo e colaborar para uma sociedade melhor.

26/09/2017

Acadêmicos participam de audiência promovida pela Sedam

Na última segunda-feira (25), foi realizada uma audiência pública sobre a proposta de política estadual de governança climática e serviços ambientais de Rondônia. A audiência foi promovida pela Secretaria do Estado de Desenvolvimento Ambiental de Rondônia (SEDAM), em parceria com outras instituições ambientais. Essa proposta tem por objetivo a valorização dos ativos ambientais de Rondônia, através de instrumentos de incentivos as ações que venha a preservar e conservar os recursos naturais a biodiversidade. Na ocasião, estiveram presentes os alunos do 4º período de Engenharia Ambiental, acompanhados pelo coordenador do curso, Prof. Alexandre Zandonadi Meneguelli. Estas ações são de extrema importância para processo de formação profissional dos acadêmicos do curso de Engenharia Ambiental. Assim como conhecer sobre as novas leis que possam surgir em prol das ações ambientais no estado de Rondônia.

26/09/2017

Alunos ministram oficina Terapêutica de Plantas Medicinais

Nos dias 11, 18 e 25 de setembro, os alunos de Farmácia e Enfermagem, ministraram oficinas terapêuticas de plantas medicinais, realizadas no auditório da Secretaria de Saúde de Ji-Paraná (SEMUSA). Os acadêmicos estiveram acompanhados pelo coordenador do projeto, Prof. Ely Eduardo, e pela coordenadora de Farmácia, Prof. Caroline Klein. Os três dias de oficinas foram realizados com os idosos de Ji-Paraná. No evento, levaram várias espécies de plantas medicinais e apresentaram para os participantes, com orientações sobre o uso e os cuidados. Também explicaram sobre a forma correta de preparo de chás e xarope caseiro, bem como o uso tópico de algumas espécies. A participação dos idosos foi fantástica, pois muitos levam quase todas as plantas para cultivá-las em casa e relatam suas experiências com o uso de plantas medicinais. A importância desse evento é, principalmente, pelo horto medicinal que está sendo desenvolvido na UNIJIPA. O qual foi apresentado juntamente com a proposta de criação do programa de distribuição de plantas medicinais e medicamentos fitoterápicos na rede pública de saúde do município de Ji-Paraná. Essas oficinas colaboram para o projeto de educação da população quanto ao uso correto das plantas medicinais. Portanto, essas oficinas, são parte do projeto Farmácia Viva e visa a educação continuada do uso correto de plantas medicinais.