Área Restrita

Especialistas apontam erros responsáveis pela reprovação no ENEM

15/01/2015
Notícias
Institucional

De acordo com dados oficiais liberados na última terça-feira (13) pelo Ministério da Educação (MEC), mais de meio milhão de estudantes zeraram a redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado. Ao total, 529.374 pessoas tiraram zero na avaliação textual, superando os 106.742 em 2013. Diversos especialistas na área educacional apontaram falhas como: fuga ao tema, textos com menos de sete linhas, trechos desconexos com a argumentação, desenhos e palavras ofensivas, desrespeito aos direitos humanos, fuga do tipo dissertativo, entre outros.




Os especialistas do MEC recomendam ao estudante que o foco seja mantido no tema proposto da redação, e que a leitura deve ser repetida quantas vezes forem necessárias até que o tema esteja claro. Outro ponto destacado foi o abandono do modelo dissertativo nos textos reprovados. “A dissertação é um texto argumentativo, que pede que o autor desenvolva uma ideia ou um questionamento com uma consideração final que deve estar de acordo com os argumentos. É importante, também, que o estudante saiba colocar ideias favoráveis e contrárias à sua própria opinião. Não é difícil, mas sabemos que, na hora da prova, é possível que o nervosismo faça errar uma ou outra exigência da dissertação”, alertaram os consultores.

 

Para consultar as médias e demais informações sobre os resultados do ENEM 2014 o estudante pode acessar o endereço oficial do teste, clicando aqui.

 

Fonte: MEC / Governo Federal / Guia do Estudante

 

 

 

 

Veja Também

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem