Área Restrita

Novas regras do FIES geram reações do mercado de ensino superior

19/01/2015
Notícias
Institucional

O ajuste fiscal do segundo governo Dilma Rousseff provocou um curto-circuito no mercado de ensino superior privado, cuja expansão foi uma das marcas do primeiro mandato da presidente. Com ações desabando na Bolsa, empresas do setor pressionam o Ministério da Educação a rever portaria editada no apagar das luzes de 2014 para endurecer as regras do financiamento estudantil.

 

Sem anúncio prévio ou justificativa oficial, a medida impôs uma pontuação mínima no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) aos interessados em tomar recursos públicos para bancar as mensalidades da rede privada.Além disso, reduziu o fluxo de pagamentos do governo às empresas mantenedoras.

 

Procurado pela Folha, o Ministério da Educação afirmou que o objetivo foi aprimorar a qualidade do ensino superior, o que não explica a restrição aos pagamentos.De uma hora para outra, as perspectivas para os negócios do setor –até então um dos mais prósperos na Bolsa– se tornaram menos luminosas.

 

O valor de mercado da gigante Kroton, que atende a mais de 1 milhão de alunos, caiu 18,3%, de R$ 25,2 bilhões para R$ 20,6 bilhões, em apenas 15 dias de janeiro.No caso da Ser Educacional, a queda no período chegou a 40,5%, para R$ 2,2 bilhões.Não é difícil entender: nos últimos anos, alunos e receitas foram multiplicados com a ajuda da expansão dos gastos do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).Os desembolsos somaram R$ 13,7 bilhões no ano passado, ante R$ 1,1 bilhão em 2010.

 

No primeiro mandato de Dilma, o número de contratos de financiamento saltou de 76 mil, no último ano de Lula, para 732 mil em 2014.Agora, em tempos de reequilíbrio do Orçamento e contenção da dívida pública, essa fonte não deverá mais ser tão generosa, ainda que Dilma tenha anunciado, como lema de seu novo governo, “Brasil, pátria educadora”.



Fonte: Folha  / http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2015/01/1576934-setor-de-educacao-superior-privado-reage-a-ajuste-fiscal-do-governo-dilma.shtml

Imagem: Folha

 

 

 

Downloads

Resolução - Publicação do Jornal
Baixar
Edital fameta janeiro 2
Baixar

Veja Também

09/06/2015
Institucional

Desafio SENAI busca soluções para problemas urbanos

O SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) conta com mais de 2,5 mil estudantes de seus cursos técnicos inscritos na primeira edição do Desafio SENAI de Projetos Inovadores, iniciativa que busca soluções criadas em sala de aula para problemas urbanos, como manejo de resíduos industriais, utilização de energia renovável, otimização do uso da água nos processos de fabricação e melhoria da mobilidade.

24/04/2015
Institucional

UNIJIPA participou de reunião para realização de estágio na Receita Federal

Ontem (23) foi realizada uma reunião entre a Faculdade Panamericana de Ji-paraná (UNIJIPA), representada pela Coordenadora de Estágio Sandra Mari Bertolla, com o Delegado Adjunto, Leonildo Camilo Rosa; o Delegado, Luiz Antônio Miranda e a Representante de Educação Fiscal, Veridiane Ferreira dos Santos. A reunião teve como objetivo fechar os ajustes finais no convênio para a realização de estágio dos alunos da instituição na Receita Federal. As atividades foram realizadas no próprio escritório da Receita Federal, no município de Ji-Paraná.

02/09/2015
Institucional

Athenas Grupo Educacional inicia campanha de vestibular com mote “#EuAcredito”

A Faculdade Panamericana de Ji-Paraná (UNIJIPA) recebeu na tarde da última terça-feira (02), o encontro de apresentação da nova campanha do Processo Seletivo do Athenas Grupo Educacional, com o mote “#EuAcredito”. Na ocasião estiveram presentes na abertura diretores, coordenadores e o corpo técnico de quatro das unidades do grupo (FAP, FAPAN, FSP e UNIJIPA), além dos Mantenedores, Dr. Hildon Chaves e Dr. Aécio Alves Pereira.

11/07/2011
Institucional

unijipa-participa-de-desfile-de-abertura-da-exposicao-de-ji-parana

No último sábado (9), funcionários e alunos da Unijipa marcaram presença no desfile de abertura da Exposição Agropecuária de Ji-Paraná – Expojipa.     Em parceria com a Torqui Estruturas Metálicas, a Unijipa disponibilizou um caminhão para seus convidados, onde puderam assistir ao desfile em local privilegiado.   O diretor geral da Unijipa, Manoel Salésio, esteve presente na festa e contou que além da confraternização entre a comunidade universitária, a presença da Unijipa se deve a importância da data para Ji-Paraná. “É a festa mais tradicional da cidade. Praticamente toda a cidade está envolvida de alguma forma, por isso, como bons ji-paranenses, nada mais...

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem