Área Restrita

Escola pública conquista 186 medalhas em olimpíadas de Matemática com professor que usa jogos em sala

14/05/2015
Notícias
Institucional

O professor Luiz Felipe à frente de alguns de seus alunos medalhistas: (a partir da esquerda) Isabella Rodrigues,

Victor Marinho, Gerson Fernandes, Luana Soroa e Giovanna Diehl Foto: Urbano Erbiste



Luiz Felipe Lins sempre gostou de resolver problemas. Na época de estudante, percebeu que a Matemática, ensinada na base da decoreba, inspirava medo em seus colegas. Decidiu, então, encarar o desafio de tornar a disciplina prazerosa. Hoje, aos 42 anos, pode-se dizer que ele tirou nota dez nessa prova. Na Escola Municipal Francis Hime, na Taquara, onde o professor Luiz Felipe brinca com os números, 186 alunos já conquistaram medalhas em olimpíadas de Matemática. Agora, o mestre prepara seus pupilos para mais um passo nessa estrada vitoriosa: a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP), em junho.

 

— Aqui a Matemática não é um monstro — resume o professor, que aplica jogos criados por ele mesmo na sala de aula: — Em vez de passar um monte de exercícios, ofereço aos alunos jogos que servem para construir conceitos e também para exercitar.

 

A técnica não demorou a render frutos, e quando os primeiros alunos começaram a se destacar em competições de Matemática, em 2005, outros estudantes despertaram para a chance de reconhecimento.

 

 

Além das aulas previstas na grade curricular, Luiz Felipe passou a dedicar horas extras à tarde e até aos sábados para dar aulas de reforço.

 

— Os pais vinham para a escola e preparavam nosso almoço enquanto a gente estudava lá dentro — conta ele.

 

O esforço fez da Francis Hime uma das escolas mais premiadas do Brasil. Na secretaria da unidade, está guardado o tesouro: medalhas, troféus e diplomas da OBMEP, da Olimpíada de Matemática do Estado do Rio (OMERJ), da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), e da Canguru Matemático Sem Fronteiras, uma competição que reúne estudantes de 55 países.

 

 

ESTUDANTES DISPUTADOS - A satisfação do professor Luiz Felipe não se resume à conquista de medalhas em olimpíadas de Matemática. Para ele, o maior prêmio é receber a notícia de ex-alunos que superaram os obstáculos da vida e seguiram os estudos em instituições de ponta.

 

— Tenho alunos no IME (Instituto Militar de Engenharia), na UFRJ, na Uerj... A maioria estudando engenharia ou outros cursos na área de exatas — orgulha-se o professor, que estudou em escolas públicas antes de fazer a faculdade de Matemática na Uerj. Hoje, ele faz mestrado na UniRio.

 

A visibilidade que os estudantes ganham nas competições rende oportunidades. Segundo Luiz Felipe, os medalhistas são disputados a peso de ouro pelas escolas particulares, que oferecem bolsas de ensino médio. A Francis Hime só tem turmas até o 9º ano.

— As particulares brigam por eles. Enquanto uma oferece bolsa de estudos, outra oferece uma bolsa e um laptop. E por aí vai — conta.

 

Na última edição da OBMEP, a Francis Hime conquistou ouro, prata e bronze. Quem levou a maior honraria foi Gerson Fernandes Manso Filho, de 13 anos, que concorreu na categoria de alunos do 8º e 9º anos.

 

 

— No 6º ano, cheguei a passar para a fase final da OBMEP, mas fiquei nervoso e não fiz a prova. Dessa vez, fiz e conquistei o ouro. Minha família ficou tão feliz que fez uma festa lá em casa, com direito a bolo e tudo — conta.

 

 

Isabella Rodrigues, de 13 anos, que levou a prata na competição, tomou tanto gosto pela Matemática que decidiu seguir na área de exatas.

— Vou fazer faculdade de Engenharia Mecânica — diz.



Imagens: Urbano Erbiste

 

Fonte: Pedro Zuazo / Extra

 

 

Downloads

comp_fameta03
Baixar

Veja Também

09/05/2017
Institucional

Prova Athenas será realizada nesta terça-feira (9)

Nesta terça-feira (09), acontece a Prova Athenas 2017.1, realizada em todas as instituições de ensino do Athenas Grupo Educacional, sendo elas: Faculdade Meta (Fameta), Faculdade Pimenta Bueno (Fap), Faculdade do Pantanal (Fapan), Faculdade São Paulo (Fsp) e Faculdade de Ji-Paraná (Unijipa). A prova iniciará às 19h e terminará às 22h. Vale lembrar que a tolerância máxima para os estudantes entrarem em sala é de 15 minutos, portanto, a partir de 19h15 não será mais permitido que o aluno faça a prova. “Avaliar é uma das bases do processo pedagógico e a Prova Athenas,...

19/05/2016
Graduação

UNIJIPA comemora o dia do Enfermeiro

No último dia 12 de maio, data em que se comemora anualmente O Dia do Profissional de Enfermagem, acadêmicos do curso de Enfermagem da UNIJIPA prepararam uma homenagem para o corpo de professores do curso. Estiveram envolvidos na atividade, ocupando as dependências do Campus II, os docentes Miriam Gabriela Gomes da Silva, Carina Sena Padovan Ishida, Luciana Santana Martins, Daniela Cristina Gonçalves Aidar, Cristiane Ferreira Silveira, Marcelo Erik Lopes, José Valter Ferreira dos Santos, e por fim, a Coordenadora do curso, Sônia Maria Ribeiro.

04/12/2015
Institucional

Athenas Grupo Educacional participou do PDD de Marketing

Nos dias 02 e 03 de dezembro, O Athenas Grupo Educacional marcou presença no PDD (Programa de Desenvolvimento de Dirigentes) de Marketing, através do PAEX (Parceiros para a Excelência), trabalho desenvolvido para executivos pela Fundação Dom Cabral e JValério. Participaram das atividades os mantenedores do grupo, Prof.º Dr.º Aécio Alves Pereira e Dr.ª Ieda Pacheco Chaves, e o colaborador Marcus Nascimento.

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem