Área Restrita

Pré-selecionados no Fies podem contratar financiamento a partir de hoje

10/02/2016
Notícias
Institucional

 

O estudante pré-selecionado na chamada única do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) que tiver a inscrição validada pela instituição de ensino pode comparecer a partir desta quarta-feira (10) à agência bancária para contratar o financiamento. Para validar a inscrição, ele deve procurar a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de ensino.

 

Nesta edição do primeiro semestre de 2016, foram ofertadas 250.279 vagas em 1.337 instituições de educação superior. O Fies oferece financiamento de cursos em instituições privadas de ensino a uma taxa efetiva de juros de 6,5% ao ano. O percentual de financiamento é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudante.

 

Participaram do processo seletivo do programa aqueles que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e obtiveram pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação. O candidato também precisa ter renda familiar mensal bruta per capita de até 2,5 salários mínimos.

 

Fonte: Último Segundo

 

 

Veja Também

05/05/2011
Institucional

extensao

Uma forma de interação que deve existir entre a universidade e a comunidade na qual está inserida. É uma espécie de ponte permanente entre a universidade e os diversos setores da sociedade.     Funciona como uma via de duas mãos, em que a Universidade leva conhecimentos e/ou assistência à comunidade, e recebe dela influxos positivos como retroalimentação tais como suas reais necessidades, seus anseios, aspirações e também aprendendo com o saber dessas comunidades. Ocorre, na realidade, uma troca de conhecimentos, em que a universidade também aprende com a própria comunidade sobre os valores e a cultura dessa comunidade. Assim, a universidade pode planejar e executar...

08/11/2012
Institucional

royalties-do-pre-sal-nao-serao-aplicados-100-na-educacao

  Ministério da Educação lamentou a resolução   A Câmara aprovou nesta terça-feira, 6, o texto-base do Senado sobre o projeto que muda a distribuição dos royalties do petróleo. Foram 286 votos a favor e 124 contrários. Com isso, o texto segue agora para a sanção da presidente Dilma Rousseff. O projeto do Senado, de autoria de Vital do Rêgo (PMDB-PB), diferente da proposta derrotada em plenário, de Carlos Zarattini (PT-SP), não traz vinculação de áreas em que os recursos devem ser gastos. Zarattini defendia que a totalidade da receita com royalties do governo federal, Estados e municípios teria de ser aplicada em educação. `O País sai derrotado dessa...

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem