Área Restrita

Campus II da UNIJIPA recebe energização da Subestação de Energia

26/07/2016
Notícias
Institucional

 

Na manhã de hoje (26 de julho), o Engenheiro Eletricista André Lamota e a equipe composta por 7 colaboradores trabalharam na energização da Subestação de Energia do Campus II da Faculdade Panamericana de Ji-Paraná (UNIJIPA), atendendo ao cronograma de obras estabelecido no espaço de dois anos. Todo o processo foi executado atendendo todas as normas e protocolos de segurança, visando uma energia de maior qualidade para os acadêmicos.

 

O PROFISSIONAL – André Lamota tem 34 anos, e há 11 é graduado em engenharia elétrica pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). “Eu e minha equipe estamos trabalhando no projeto total da obra há dois anos, e mais especificamente na subestação de energia há um ano. Todo o nosso trabalho foi executado respeitando as normas de segurança e protocolo, ofertando uma energia de maior qualidade para todos os acadêmicos da UNIJIPA. A alimentação está ligada em 34.5 KV, sendo que normalmente todas as ligações usam o padrão 13.8 KV. Isso proporcionará uma maior estabilidade e qualidade na distribuição de energia, sem a presença de oscilações e instabilidades. Executamos também outros trabalhos na obra tais como instalação de alarmes, hidrantes, luzes de emergência, aterramento, para-raio e etc.”, explicou Lamota.

 

Para o Diretor Geral do Athenas Grupo Educacional, Prof. Dr. Aécio Alves Pereira, um dos valores do Athenas preza pela excelência na escolha dos melhores equipamentos. “Os nossos acadêmicos podem ter a plena certeza de que estudarão em um Campus moderno, atualizado e com uma infraestrutura de qualidade, tal qual a nossa subestação que oferecerá uma energia de qualidade durante o período de estudos. É nossa missão e compromisso prezar sempre pela qualidade da nossa estrutura, oferecendo maior conforto e praticidade ao nosso aluno. Quero, em nome do Athenas, agradecer pelos excelentes serviços prestados pelo Engenheiro André e sua equipe.”, finalizou o Diretor.

 

    

 

Galeria

Veja Também

07/05/2015
Institucional

Tecnologias estão mais presentes nas salas de aula na América Latina

No lugar do lápis e do caderno, os tablets e os smartphones aparecem cada vez mais nas salas de aula de diferentes países da América Latina. Pesquisadores apontam que este fenômeno estaria em seu impulso definitivo e que até poderia ser chamada de uma revolução tecnológica. Porém, tamanho aumento tem demonstrado carências e deficiências que a região ainda enfrenta. Entre os mais variados lugares, há iniciativas promissoras e inovadoras, mas o impacto das tecnologias no processo de aprendizagem ainda é um desafio sem resultado concreto.

31/05/2012
Institucional

lei-declara-paulo-freire-patrono-da-educacao-brasileira

Educador é referência unânime para pedagogos e professores contemporâneos. Foi publicada no "Diário Oficial da União" a lei que declara o educador Paulo Freire patrono da educação brasileira. A lei é assinada pela presidente Dilma Rousseff. Considerado um dos principais pensadores da história da pedagogia mundial, Paulo Reglus Neves Freire (1921-1997) foi educador e filósofo e influenciou o movimento chamado pedagogia crítica. Sua prática didática fundamentava-se na crença de que o estudante assimilaria o objeto de análise fazendo ele próprio o caminho, e não seguindo um já previamente construído (confira no vídeo acima programa Globo Ciência sobre a vida e obra...

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem