Área Restrita

Plataforma da USP ensina a escrever artigo científico

09/08/2013
Notícias
Institucional

Recurso é gratuito e já está acessível para qualquer usuário on-line

Para melhorar o nível de qualidade na elaboração de artigos científicos por pesquisadores brasileiros, a Universidade de São Paulo (USP) - líder em produção científica no País -, lançou o curso de escrita científica. Formatado para a web e oferecido gratuitamente, o curso tem como objetivo auxiliar pesquisadores e estudantes de pós-graduação na elaboração de artigos de maior relevância acadêmica.

A redação de trabalhos científicos, elaborados para serem publicados em revistas de alto impacto (como a Science, Nature e a Clinics) é um dos gargalos para o crescimento da produção científica das universidades, incluindo a própria USP, afirmou o pró-reitor de pesquisa da instituição Marco Antonio Zago, em reunião recente com dirigentes da universidade. `A técnica não é dominada amplamente, em especial pelos pesquisadores principiantes e alunos de pós-graduação`, disse Zago.

É por isso que o curso on-line de escrita científica foi pensado de forma didática e intuitiva. Desenvolvido pelo professor Valtencir Zucolotto, do Instituto de Física de São Carlos, o curso é dividido em oito módulos e conta com videoaulas que explicam, passo a passo, cada uma das partes que compõem o paper (títulos, introdução, resultados, conclusões). Há um tópico especial sobre a elaboração de textos científicos em inglês.

Além das videoaulas - que podem ser consultadas a qualquer momento -, os interessados ainda contam com apostilas explicativas e materiais didáticos extras, que trazem indicações de obras de referência recomendadas por Zucolotto. Todos os materiais podem ser baixados livremente. O curso, no entanto, não disponibiliza a emissão de certificados.

INOVAÇÃO - O baixo índice de repercussão internacional de parte da pesquisa produzida nacionalmente é um dos principais problemas que impactam diretamente na inovação do Brasil. No ranking do Índice Global de Inovação 2013 produzido pela Organização Mundial da Propriedade Intelectual, por exemplo, o país ficou em 64ª lugar entre 142 países.

A análise de problemas na qualidade dos artigos científicos foi um dos destaque nas reuniões do último encontro realizado pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), no Recife (PE), no final de julho. Na ocasião, representantes de agências de fomento apontaram a necessidade de estimular a qualidade dos trabalhos publicados por cientistas brasileiros, especialmente quando os artigos são feitos em inglês.

OFFLINE - E para quem preferir o curso presencial, a Associação Brasileira de Pesquisadores de Comunicação Organizacional e Relações Públicas (Abrapcorp) promove, dia 17 de agosto, das 8h30 às 17h30, o curso avançado `Como elaborar artigos científicos para eventos e revistas`. O curso será ministrado por Gilson Volpato, professor do Instituto de Biociências da Unesp (Universidade Estadual Paulista) de Botucatu. Informações pelo telefone (11) 3091-2949.

Clique aqui e acesse o site que disponibiliza o curso gratuitamente.

Veja Também

30/01/2013
Institucional

administracao-esta-entre-as-carreiras-que-mais-vao-contratar-em-2013

Pesquisa se baseou em dados de países emergentes. O estudo completo, que entrevistou mais de 6.000 gerentes de contratação, verificou que a empregabilidade nos países do BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China) está projetada para ser significativamente maior que outros mercados, enquanto o recrutamento na Europa continua a ser lenta, com líderes lutando para resolver uma crise de dívida com implicações globais. Um estudo da empresa americana CareerBuilder, comandado pelo CEO Matt Ferguson, analisou a contratação de planos e posições financeiras de empregadores nas 10 maiores economias do mundo. No Brasil, a Administração, juntamente com Tecnologia da Informação (TI) e Atendimento...

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem