Área Restrita

Acadêmicos de Pedagogia participam do Festival da Primavera

07/10/2013
Notícias
Institucional


Evento foi realizado pela Fundação Cultural de Ji-Paraná. 
No último dia 27 de setembro, ás 19h30, acadêmicos de Pedagogia da Faculdade Panamericana de Ji-Paraná (UNIJIPA) participaram do Festival da Primavera, realizado no Teatro Dominguinhos e organizado pela Fundação Cultural de Ji-Paraná.
No Festival, foi ministrada a palestra “A Chegada dos Negros no Vale do Guaporé; o protagonismo das mulheres na sustentabilidade nas comunidades quilombolas”, pela palestrante Esmeraldina Coelho, detentora do primeiro Prêmio Nacional de Expressões Culturais Afro-brasileiras.
Presente na ocasião, a Coordenadora de Pedagogia da Unijipa, Raquel Matos de Lima Bento, elogiou a iniciativa da Fundação Cultural em promover a discussão acerca da cultura afro-brasileira. “Foi uma oportunidade maravilhosa para todos os presentes, graças á pertinência do tema e a mediação absolutamente embasada da Esmeraldina Coelho. A Fundação Cultural está de parabéns em proporcionar um debate tão amplo e profundo com a temática quilombola”, avaliou Raquel.
Já a Presidente da Fundação Cultural de Ji-Paraná, Keila Barbosa conta que a iniciativa é fruto de um calendário de ações definido ainda no início de sua gestão á frente do órgão responsável pela cultura ji-paranense. “O Festival da Primavera é mais uma das ações presentes em nosso cronograma de atividades, que tem buscado contemplar todos os espectros culturais e sociais. Temo tido êxito, porém para os próximos meses a perspectiva é de que ações como essas sejam multiplicadas”, finalizou Keila Barbosa.
Mais fotos:


Veja Também

28/05/2013
Institucional

musicalizacao-e-ludicidade-na-educacao-infantil

Por Luciano Menezes Durante muito tempo, acreditou-se que havia uma oposição entre brincar e aprender, até mesmo quando se tratava de educação infantil. Para aprender era preciso parar de brincar. Hoje, sabemos que, quando há estímulo à brincadeira, os resultados podem ser muito mais duradouros e profundos. A brincadeira é o caminho do desenvolvimento na infância. Muitas pesquisas recentes em psicologia e pedagogia demonstram que, quando se criam ambientes altamente estimulantes, as crianças pequenas, com menos de 6 anos, desenvolvem sua inteligência de forma surpreendente. Isso porque têm uma enorme sede de escutar, de olhar, de explorar, de imitar e, principalmente,...

01/06/2015
Institucional

Refugiados ensinam idiomas a partir de experiências

“Cara, hoje em dia a gente está vendo a importância de aprender de um jeito diferente. Se você percebe que tem pessoas demorando muito para aprender e falar uma língua, significa que tem alguma coisa errada”. É com um português na ponta da língua que Alphonse Nyembo Wanyembo, congolês de 29 anos, se entusiasma ao falar do Abraço Cultural, iniciativa baseada em São Paulo que coloca professores refugiados em contato com brasileiros que buscam aprender um novo idioma.

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem